• Ligue : +55 (85) 4008.4109
Faça agora sua contribuiçãoR$

15
fev

0
321300_10151469009958759_1475968585_n

Dia Internacional de Combate ao Câncer Infantil. E entender que o diagnóstico precoce é vital!

321300_10151469009958759_1475968585_n

O câncer é hoje a doença que mais atinge crianças e adolescentes de 01 a 19 anos no Brasil. Anualmente são registrados em torno de 12 mil novos casos no país, de acordo com o INCA – Instituto Nacional do Câncer.


O dia 15 de fevereiro reveste-se de alerta, sob a forma de uma campanha mundial para conscientizar o público sobre o câncer infantil. E nessa luta por vida, vale salientar que o diagnóstico precoce é a melhor forma de combatê-lo.

A Associação Peter Pan – APP vem há 23 anos transformando a história do câncer infantojuvenil no Ceará, unindo o trabalho voluntário responsável e comprometido à luta contra a doença em várias frentes de atuação. “A Associação Peter Pan trabalha o Diagnóstico Precoce durante o ano inteiro. Os Sinais e Sintomas do Câncer Infantil são semelhantes a doenças benignas da infância, por isso, a família e os profissionais de saúde devem estar atentos”, enfatiza a Dra. Sandra Prazeres – Gerente Técnica Médica da APP.


As ações abrangem, além do tratamento médico especializado, o atendimento humanizado e um eficiente processo de diagnóstico precoce, fundamental à cura, disseminado pelo interior do Estado por meio de projetos de capacitação em sinais e sintomas direcionados a profissionais da saúde.

 

A doença

O câncer é o resultado do surgimento de células alteradas que começam a se reproduzir fora do controle do organismo. O tratamento é feito com quimioterapia, às vezes associada à radioterapia. Os tipos mais frequentes na infância e na adolescência são as leucemias (que afetam a medula óssea), os do sistema nervoso central e os linfomas (sistema linfático). Há ainda retinoblastoma (afeta a retina, no fundo do olho), tumor de Wilms (tipo de tumor renal), osteossarcoma (tumor ósseo) e sarcomas (tumores de partes moles).


Sinais e sintomas

Perda de peso, palidez inexplicada, febre prolongada sem causa identificada, anemia inexplicável, às vezes com dores nos ossos, dor ou caroço nas pernas, em geral após história de trauma, manchas roxas ou sangramento no corpo mesmo sem um machucado, vômitos com dor de cabeça, diminuição da visão ou perda de equilíbrio, crescimento do olho, podendo estar acompanhado de mancha roxa na região, dores nos ossos e juntas, com ou sem inchaços, reflexo branco no olho (olho de gato), caroço em qualquer parte do corpo, especialmente na barriga, ínguas de crescimento progressivo.